onboarding de colaboradores

Como estruturar um onboarding para colaboradores?

Um onboarding de colaboradores bem-estruturado é fundamental para que os novos contratados tenham o conhecimento necessário a respeito do negócio. Isso possibilita que eles estejam mais bem-preparados para incorporar a cultura organizacional e os valores da companhia.

Esses fatores são fundamentais para uma melhor adaptação dos profissionais, o que leva a uma melhor performance em um curto espaço de tempo. Para que todos esses benefícios sejam alcançados, é fundamental estruturar o onboarding com ações bem-definidas e com objetivos claros.

Para ajudar você a estruturar um onboarding para os novos colaboradores, preparamos este artigo. Acompanhe!

Quais são os benefícios do onboarding de colaboradores?

Quando o profissional é contratado, a empresa precisa inseri-lo na rotina da organização, de modo que ele se sinta parte da equipe. Isso é fundamental para a construção de um clima organizacional positivo, que traga vários benefícios para a empresa, como o aumento da produtividade e a retenção de talentos.

Nesse cenário, se implantado com sucesso, o processo de onboarding de novos colaboradores traz diversas vantagens para as empresas. Separamos as principais para você a seguir. Acompanhe!

Aumento do engajamento

Quando as pessoas se sentem parte da companhia e se integram à equipe, fica mais fácil conquistar a confiança e o comprometimento delas, o que eleva o nível de engajamento, favorecendo a produtividade.

Isso acontece porque o profissional se sente acolhido e tem à sua disposição as informações necessárias para que possa fazer boas entregas. Com isso, ele tende a se sentir grato, o que também colabora para a formação de um clima organizacional positivo.

Receptividade

O onboarding de colaboradores também contribui para a elevação dos índices de receptividade da equipe e da liderança, o que também é muito positivo para o novo candidato, que se sente acolhido e amparado pelas pessoas que já fazem parte da organização.

Quando os novos contratados são recepcionados pela liderança, isso também favorece a autoestima deles, de modo que tendem a se empenhar mais em suas entregas, e também se esforçam mais para se adequar ao novo ambiente laboral.

Aumento na produtividade

Com os novos funcionários integrados à equipe e de posse das informações necessárias para executar as suas tarefas, eles tendem a se adaptar com mais facilidade às novas rotinas, contribuindo já nas primeiras semanas para o desempenho da empresa. Isso garante o aumento da produtividade, fator fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

Redução da rotatividade

Ao se adaptar com mais facilidade ao novo ambiente laboral, as chances de o profissional permanecer mais tempo na empresa são maiores, contribuindo para a redução do turnover.

Como estruturar um onboarding?

O processo de onboarding de novos colaboradores começa ainda no processo seletivo, quando o recrutador transmite informações sobre a empresa para os candidatos.

Assim, quando eles passam pelo teste comportamental e chegam ao final do processo de seleção, já têm condições de avaliar se a empresa atende ou não às suas expectativas de trabalho.

Ao ser encaminhado para a admissão, outras providências devem ser tomadas. Para otimizar os trabalhos, você pode criar um calendário de admissões. Dessa forma, conseguirá passar as informações para um número maior de contratados.

Confira, a seguir, como fazer um onboarding de colaboradores.

Ofereça informações na contratação

Quando o contratado for levar a documentação para a admissão, informe a ele sobre questões burocráticas e práticas da empresa, como procedimentos de registro de ponto, detalhes sobre os benefícios, acesso às instalações e outras questões necessárias no momento. Informe também a data do primeiro dia de trabalho, bem como o horário e a agenda programada para o dia.

Prepare a equipe e o ambiente

Informe à liderança direta e à equipe de trabalho sobre a chegada do novo membro, o que pode ser feito por meio de um e-mail. Em alguns casos, a equipe pode ser informada diretamente pela liderança, mas é importante verificar se o comunicado realmente foi feito.

Questões como mesa de trabalho, computador, senhas, telefones e material de escritório devem ser checados para que o novo colaborador se sinta bem recepcionado.

Crie palestras para receber o novo contratado

Cada empresa tem as suas próprias normas, regras, particularidades e outros fatores que devem ser informados ao novo colaborador. O primeiro dia de trabalho é o ideal para que todas essas informações sejam transmitidas.

Para isso, crie um cronograma de palestras para apresentar as informações mais relevantes. Por exemplo, a equipe de RH pode fazer uma apresentação falando sobre regras, normas de conduta e benefícios da empresa.

A equipe de comunicação pode falar sobre o histórico da organização e o pessoal de vendas sobre a atuação nos mercados. Já o time de produção pode falar sobre como as atividades são executadas.

É claro que você pode adaptar esse exemplo à realidade da sua empresa. O mais importante é criar um evento contando com as áreas envolvidas para apresentar a empresa da melhor forma possível.

Faça um tour pela companhia

Fazer um tour pela empresa é fundamental para que o novo contratado se sinta familiarizado com o ambiente e também conheça as dependências da organização, tendo uma visão geral de toda a operação.

Eleja um mentor

São muitas informações para guardar em apenas um dia, por isso, para garantir a adaptação do contratado, o ideal é eleger um mentor para acompanhar o novo funcionário nos primeiros dias. Essa pessoa pode ser um colaborador mais experiente ou mesmo a liderança da área.

Como estruturar um onboarding remoto?

Em tempos de pandemia causada pelo novo coronavírus, muitas empresas têm se destacado no mercado e continuam contratando. Para fazer o onboarding nessa situação, é preciso estar atento a duas questões.

Conteúdo

Grave vídeos e envie-os ao novo colaborador com as principais orientações e informações da empresa. Com isso, ele terá os elementos necessários para saber o que é a empresa e o que é esperado dele neste momento.

Se não for possível fazer uma gravação de todos os eventos da integração, com os conteúdos das palestras, compartilhe os documentos que estiverem disponíveis.

Ferramentas

A tecnologia tem sido uma forte aliada neste momento de isolamento social. Com o uso de computadores e internet, envie os conteúdos disponíveis e se coloque à disposição para sanar possíveis dúvidas.

Como avaliar um onboarding?

Solicite o feedback dos novos colaboradores após o processo de onboarding, o que é fundamental para a melhoria contínua dos processos. Você pode fazer isso enviando formulários, que podem ser anônimos, para preenchimento.

É importante criar métricas para avaliar a evolução do processo de onboarding na sua empresa. Isso torna possível que você tenha um comparativo ao longo do tempo e possa embasar melhor os processos de tomada de decisão no setor de RH envolvendo as integrações.

Como vimos ao longo desta leitura, estruturar o onboarding de colaboradores é possível, mas requer planejamento e um acompanhamento contínuo das atividades para que o processo atinja os resultados esperados.

Gostou do nosso post? Compartilhe com a sua rede de contatos nas redes sociais!

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.