gestão de pessoas

Gestão de pessoas: tudo o que você precisa saber

Toda empresa é formada por funcionários de diferentes idades, com vários perfis e costumes. Alguns funcionam bem em equipe, outros são motivados por objetivos desafiadores e existem aqueles que são mais reservados. Para organizar essas diferenças é preciso trabalhar a gestão de pessoas.

Afinal, é importante gerenciar o comportamento dos profissionais que representam a sua marca e, ao mesmo tempo, criar um grupo forte, alinhado, motivado, qualificado e comprometido com os objetivos da organização. Além de melhorar os resultados do negócio, isso traz benefícios para o desenvolvimento de cada um.

Embora possa parecer uma condição difícil de alcançar, vamos mostrar que é possível conquistar a excelência. Neste post, conheça os pilares da gestão de pessoas, saiba por que é importante gerir a equipe, quais são as vantagens, os principais erros que devem ser evitados e outras dicas.

Conheça os pilares da gestão de pessoas

A infraestrutura é formada pelos seguintes pilares.

Motivação

É a chave para o sucesso de qualquer organização. A liderança desempenha um papel essencial nesse processo e deve apoiar e inspirar os profissionais. É um exercício contínuo.

Comunicação

A comunicação é outro ponto significativo para a gestão de pessoas e o sucesso dos negócios, devendo ser clara, objetiva e acessível. Dessa forma, o alinhamento das informações é mais rápido e preciso.

Trabalho em equipe

Dificilmente alguém alcança sucesso sozinho, não é mesmo? Conforme a empresa cresce, o trabalho em grupo se torna cada vez mais essencial. Um dos segredos é fazer as contratações certas para formar um time diversificado e com espírito colaborativo.

Conhecimento e desenvolvimento

A relevância da gestão de pessoas na empresa também inclui a análise do conhecimento e das habilidades dos funcionários. Ao avaliar esses aspectos, é possível identificar os pontos fortes e fracos.

Em seguida, é preciso avaliar as limitações do grupo e criar estratégias para treinar o pessoal para que melhore o desempenho com respeito a confiança, liderança, comunicação, produtividade, entre outros aspectos.

Saiba por que é importante gerenciar pessoas

Colaboradores são considerados recursos, pois pessoas bem-treinadas e experientes são a principal fonte de eficiência e sustentabilidade. Afinal, elas proporcionam eficácia quando compreendem os objetivos da organização e concentram as energias nas tarefas diárias.

Grande parte dos bens de uma organização não é exclusiva e pode ser copiada pelos concorrentes, o que inclui equipamentos, tecnologia, processos e ações de marketing. Mesmo que seja trabalhoso, eles são capazes de fazer coisas muito parecidas com o que a sua marca faz.

Entretanto, jamais conseguirão replicar a atitude dos funcionários, a presteza, a simpatia, a delicadeza no atendimento e a proatividade. Assim, a empresa obtém os maiores benefícios, pois retém os melhores profissionais.

Além de tudo, eles têm maior probabilidade de contribuir para o sucesso do negócio, uma vez que o nível de envolvimento no trabalho é alto. Isso também acontece porque estão mais dispostos a contribuir e ajudar a empresa na conquista dos resultados.

Confira as vantagens de uma gestão eficiente

O gerenciamento de pessoas pode ser aplicado em organizações de tamanhos variados e soma muitas vantagens à vida cotidiana delas. Confira, a seguir, as principais.

Melhores contratações

Durante a seleção, um dos principais objetivos é encontrar o profissional mais qualificado, não é verdade? Na gestão eficaz, é possível definir o perfil do trabalhador e selecionar os candidatos mais adequados para o cargo, reduzindo os custos de rotatividade de pessoal e desperdício de tempo e dinheiro.

Outra vantagem é atrair e reter talentos. A boa gestão geralmente resulta em um ambiente organizacional sustentável que fortalece a empresa e se torna um diferencial competitivo.

Contar com profissionais qualificados é fundamental para o desempenho dos negócios. Além disso, a retenção de talentos evita a alta rotatividade e garante que profissionais treinados e motivados permaneçam na equipe.

Maior produtividade e motivação

A produtividade está diretamente relacionada à motivação. O fator estímulo é uma indicação clara das atividades que serão executadas. Nesse caso, os funcionários sabem exatamente o que devem fazer e que recursos são necessários para executar as tarefas. Com isso, as habilidades melhoram o desempenho técnico dos profissionais e permitem que produzam mais em menos tempo.

Ambiente de trabalho saudável

O clima organizacional tende a dar um salto de qualidade significativo com a gestão de pessoas. A aplicação de boas práticas aumenta o senso de pertencimento, mostra a importância de todos para o negócio e o quanto o trabalho de cada um auxilia no alcance das metas.

O resultado é uma redução de conflitos entre funcionários e gerentes, bem como uma melhoria no gerenciamento dessas situações, além de ser benéfico para a motivação e a qualidade de vida da equipe.

Desenvolvimento do colaborador

Entender a importância de gerenciar pessoas na empresa é ter em mente que investir em treinamento e melhorar o desempenho causa impacto positivo para os envolvidos. Isso facilita o estabelecimento de programas de treinamentos completos, que visam desenvolver, por exemplo, habilidades de negociação, vendas e gestão do tempo.

Saiba quais são os principais erros na gestão de pessoas

As empresas sempre buscam alcançar bons resultados, mas nem sempre conseguem, por conta de falhas que poderiam ser evitadas. Conheça as principais.

Não oferecer plano de cargos e salários

É um erro lamentável, pois o plano permite à empresa oferecer uma previsão do crescimento de carreira do funcionário, ou seja, demonstra de forma clara as possíveis promoções e o tempo para alcançá-las.

Isso é extremamente importante, pois nem sempre é possível alguém ganhar uma promoção, receber mudanças benéficas ou ter a chance de fazer algo diferente se não fosse por meio desse registro.

Subestimar a experiência do candidato

Quando a equipe tem uma grande carga de trabalho, o ideal é ter pessoas suficientes no time para lidar com as demandas. Acontece que preencher uma vaga rapidamente sem analisar o perfil do candidato pode ser algo desastroso.

Com a contratação errada, você desperdiça tempo e recursos valiosos. Por isso, aprenda a ser mais exigente e faça as melhores escolhas, de preferência com uma plataforma especializada.

Não delegar tarefas

Alguns gerentes de RH simplesmente não delegam porque não conhecem as habilidades dos colaboradores ou por diversos outros motivos. Isso pode causar problemas, como gargalos de trabalho causadores de estresse e esgotamento mental.

Mesmo que delegar seja um ato difícil no começo, é preciso confiar na equipe. Por isso, é importante treinar, acreditar no potencial dela e distribuir tarefas de acordo com cargos e capacidades. Lembre-se de que todo mundo só aprende por fazer na prática aquilo que viu na teoria.

Ignorar o desenvolvimento de talentos

Com frequência, muitos líderes focam exclusivamente em impulsionar o alcance dos objetivos da empresa e, nesse impulso, esquecem a necessidade humana inerente de aprender. Acontece que as pessoas querem potencializar habilidades e competências enquanto trabalham.

Nesse sentido, o aprendizado é parte integrante da obtenção de resultados. Ao priorizar o conhecimento, você se torna um grande líder, capaz de identificar e desenvolver talentos.

Faltar com feedbacks regulares

Embora um feedback possa ser doloroso, os grandes gestores sabem como lidar com essa dor a ponto de o funcionário agradecer as recomendações. Afinal, as pessoas talentosas preferem ouvir a verdade nua e crua em vez de conviver com falsas expectativas.

Não dar importância à opinião dos outros ou pedir sugestões só depois de as decisões já terem sido tomadas também os deixam frustrados. Assim, é preciso demonstrar vontade de ouvir o que eles têm a dizer.

Menosprezar a importância das emoções

As emoções mais fortes estão relacionadas a perdas, decepção, fracasso e separação. Até o medo antecipado de algo que está prestes a acontecer altera o comportamento de alguém.

Ignorar essas particularidades é um erro que reduz bastante o envolvimento do funcionário. Por isso, seja um bom observador e demonstre que você é um líder acessível para dialogar, trocar ideias e aconselhar.

Gerenciar atividades em vez de pessoas

Ninguém gosta de ser tratado como uma engrenagem de máquina, concorda? A boa liderança envolve inspirar, incentivar e destacar o melhor dos funcionários, construindo um senso de confiança e desafiando-os a assumirem riscos positivos. Até mesmo com o objetivo de ser um exemplo, é importante se concentrar nos seres humanos, maiores patrimônios da empresa.

Não reconhecer o bom trabalho dos funcionários

Quando você entende as raízes da motivação da equipe, a necessidade de oferecer reconhecimento frequente aos funcionários fica mais evidente. Embora o pagamento extra seja sempre bem-vindo, a felicidade maior se baseia em outros fatores humanos, como elogio em público, viagem ou outro tipo de presente.

Entenda como melhorar a gestão de pessoas na sua empresa

Como você viu, o gerenciamento de pessoas é um tópico amplo que abrange desenvolvimento de habilidades, organização, resolução de problemas, entre outras coisas. Agora, conheça algumas dicas para colocar isso em prática da melhor forma.

Antes de qualquer coisa, ouça

A capacidade de escutar é essencial para a função de gerenciamento e o processo inicia antes mesmo de você se sentar para conversar com o funcionário. As chaves para ouvir bem incluem manter a mente aberta e não tirar conclusões precipitadas durante as conversas.

Isso significa que você não pode assumir o que o outro está pensando, qual é o problema dele ou a solução. É preciso abandonar suas noções preconcebidas e fazer as perguntas certas.

Mesmo que ache óbvias as causas de um acontecimento, ouça com a intenção de entender o melhor possível a situação. Portanto, prepare-se para esses momentos e não estranhe se não tiver todas as respostas.

Entenda o propósito de cada funcionário

Saber por que um funcionário se sente conectado a seu papel e por que é inspirado a contribuir individualmente para os negócios é útil para você como gestor de RH, principalmente para entender como ajudá-lo a ter sucesso de uma maneira que também beneficie a empresa.

Afinal, as pessoas querem trabalhar em projetos em que acreditam que podem se sair bem. Assim, quando têm a oportunidade de se ocupar no que fazem de melhor, sentem-se mais conectadas à empresa.

Identificar exatamente o que o funcionário gosta em relação à função — ou por que ele se esforça para conseguir ser promovido — permite que você estruture as soluções de uma maneira que todos fiquem cientes de qual caminho seguir para atingir as metas.

Seja claro e conciso na comunicação

Os funcionários procuram o líder em busca de orientação, direção e até aprovação. Desse modo, é seu trabalho fornecer instruções claras e simples para que a equipe possa realizar as atividades de maneira rápida e correta logo na primeira vez.

Se você está recebendo muitas perguntas, pode ser uma chance de revisar suas instruções e ver de onde vem a confusão. A tecnologia pode ajudá-lo imensamente nesse aspecto.

Usar um software de gestão de tarefas economiza tempo e dinheiro, permitindo que cada funcionário acesse as listas de atividades diárias. Nesse caso, se houver dúvidas, basta emitir notificações pelo próprio aplicativo para que todos acessem.

Isso significa menos tempo conversando com o funcionário individualmente sobre mudanças ou atualizando todas as listas de verificação em planilhas.

Esteja presente mesmo quando estiver ausente

Ao incluir um software de produtividade no plano de negócios, você está permitindo que a equipe e os parceiros alcancem um ao outro, mesmo que uma ou mais pessoas estejam fora da empresa.

Não se trata apenas de uma ligação telefônica ou um e-mail rápido. Com o software certo é possível atualizar listas de tarefas e arquivos de funcionários, bem como verificar o progresso remotamente e em tempo real.

Utilize as ferramentas certas de RH

Certamente você sempre será responsável por treinar e desenvolver a sua equipe. Acontece que, se conseguir recrutar os melhores profissionais, o seu trabalho vai ser bem menor. Afinal, quem é capacitado, demonstra comprometimento e se relaciona bem em grupo contribui para um fluxo de trabalho mais saudável.

Sendo assim, não abra mão da tecnologia na hora de fazer as suas escolhas. Lembre-se de que o recrutamento bem-feito é aquele que permite encontrar candidatos por região, dando acesso a currículos compatíveis com as vagas, entre outras possibilidades de filtro, incluindo laudo médico validado no caso de pessoas com deficiência.

Percebeu como a gestão de pessoas contribui significativamente para o crescimento do negócio? Os benefícios são visíveis, desde que você obedeça aos pilares que sustentam o gerenciamento. Que tal um parceiro pra te ajudar nessa missão? Entre em contato conosco agora mesmo e vamos bater um papo!

Assine a nossa newsletter e tenha em mãos as novidades mais relevantes sobre RH!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.